Nos dias 18 e 19 de abril, aconteceu em São Francisco a conferência do Facebook dedicada a developers – F8 – que juntou mais de 4000 pessoas e, como sempre, trouxe com ela bastantes novidades, que tornam o futuro deste gigante da tecnologia ainda mais empolgante.

Quem por lá esteve pôde escolher entre as 50 apresentações, participar em atividades exclusivas do evento, conhecer membros da equipa do Facebook e ainda gozar da afterparty. No meio de tudo isto, quais foram as novidades que se destacaram?

Messenger platform 2.0

O Facebook tem vindo a investir bastante no Messenger – nomeadamente com as recentemente adicionadas reações e menções – e na F8 foi revelado que este investimento não ficou por aí. Quais são as novidades no que toca ao Messenger, então?

  • Chat extensions: vais poder incluir um bot nas tuas conversas de grupo e torná-las ainda mais interativas. Os bots vão, então, ser uma ponte entre ti e os teus amigos e as páginas, e vão permitir fazer coisas como criar playlists no Spotify em conjunto, fazer listas de compras e decidir quem compra o quê e fazer reservas em restaurantes.
  • Smart replies: quem tem páginas no Facebook vai poder responder a FAQs com respostas automáticas, criadas por IA.
  • Possibilidade de encomendar comida: o assistente de IA do Facebook, M, agora permite aos utilizadores encomendar refeições, sendo todo o processo, desde o pedido ao pagamento, feito no Messenger. As más notícias para nós é que esta funcionalidade está disponível apenas nos EUA, por ser feita através do delivery.com.
  • Messenger Codes: códigos QR que irão permitir às Páginas comunicar com os consumidores de uma nova maneira.
  • Facebook Spaces

    A realidade virtual chega ao Facebook, com os Facebook Spaces. Vais começar por criar o teu avatar, com base numa fotografia tua. Depois, vais poder convidar os teus amigos a fazer o mesmo e interagir com eles, partilhar memórias, criar objetos em 3D, tirar fotografias e mais. Tudo, num mundo virtual. E, como o Facebook sabe que nem toda a gente tem o headset VR, também vai ser possível participares apenas por chamada de vídeo.

    Camera Effects Platform

    A novidade com a qual Mark Zuckerberg abriu a conferência. A Camera Effect Platform nasce com o objetivo de transformar a câmara na primeira plataforma de realidade aumentada. Como? Oferecendo a developers duas ferramentas que lhes permitam criar efeitos para a Facebook Camera:

  • Frame Studio, que permite a cada utilizador do Facebook (perfil pessoal ou página) criar molduras, que irão posteriormente estar disponíveis nas câmaras dos respetivos amigos/fãs e que poderão ser usadas em imagens de perfil ou na Facebook Camera (desde que, claro, sigam as guidelines devidas).
  • AR Studio, que permite developers e artistas construírem as suas próprias experiências de RA que, após aprovadas pelo Facebook, poderão ser usadas em fotografias, vídeos e vídeos em direto.
  • A segunda ferramenta ainda só está disponível para um grupo fechado de utilizadores, mas a primeira já está online.

    Developer Circles

    Com vários círculos a que qualquer developer pode aderir de forma gratuita, esta plataforma oferece a developers de todo o mundo um local onde podem trocar ideias, comunicar, colaborar entre si e até combinar meetups. Se és developer no Facebook, já podes procurar círculos aqui e juntar-te à conversa!

    Places graph

    Uma ferramenta que dá acesso gratuito aos developers a mais de 140 milhões de locais no mundo. Porque é que isto é interessante? Devido à oportunidade de oferecer aos utilizadores experiências com reconhecimento de local, com fotografias e rankings, permitindo-lhes saber mais sobre o local onde estão, o que visitar e o que fazer. Podes espreitar o Places Graph e as suas vantagens aqui.

    Estas são apenas algumas da novidades reveladas. Qual te deixou mais curioso?