Hashtags: o que são e como devem ser usadas?
Carolina Mateus
26 Apr. 2017

Fazer uma hashtag é bastante fácil. Basta começar com um # e depois escrever a palavra ou palavras (sem espaços). No que toca a fazer hashtags eficazes… a história já é outra.

Antes de mais, o que são hashtags e de onde vieram?

A primeira hashtag foi usada no Twitter por um antigo designer da Google, Chris Messina. Em 2007, o Chris publicou o tweet “how do you feel about using # (pound) for groups. As in #barcamp [msg]?” e decidiu dar o nome de “channel tags” a esta nova funcionalidade. O pessoal do Twitter não ficou muito impressionado: acharam as “channel tags” demasiado nerdy e rejeitaram a ideia. Mal sabiam que, anos depois, seria (no mínimo) difícil imaginar o Twitter sem hashtags.

Resumidamente, uma hashtag agrupa um conjunto de publicações públicas, e ajuda a categorizar e organizar conteúdo nas redes sociais, tornando-o mais fácil de encontrar para os utilizadores. Para marcas que pretendem aumentar a sua visibilidade e expandir o alcance da sua mensagem, as hashtags podem ser muito úteis. Basta pensarmos nos grandes eventos e campanhas de marketing de hoje em dia: quantas delas não têm uma hashtag associada? Usar hashtags da maneira correta, tanto no meio online, como no offline, pode ser bastante benéfico.

Há regras para usar hashtags nas redes sociais?

No que toca a hashtags, sim, existem algumas regras que devem sempre ter em atenção:

  • #NãoFaçamHashtagsSuperLongasPorqueSãoBastanteDifíceisDeDecifrar
  • #Nunca #coloquem #hashtags #em #todas #as #palavras #do #vosso #post (chato, não é?)
  • Não usem hashtags aleatórias. E façam a pesquisa necessária! #unicórnio
  • #usemletramaiúscula em todas as palavras da hashtag. Se não, pode tornar-se difícil de entender (como devem ter percebido).
  • Pontuação no meio de uma hashtag: #Não,MuitoObrigada (neste caso, a hashtag seria apenas #Não, o que não era bem o que pretendíamos).
  • Não usem hashtags trending mas que não têm nada a ver com a vossa publicação, só porque estão nas tendências. Enquanto estou a escrever este artigo, a hashtag #NationalHaikuPoetryDay está na lista de trending topics. Se eu fosse fazer um tweet com este artigo, podia sentir-me tentada a usar a hashtag mas… o que é que uma coisa tem que ver com a outra? Não faz sentido e pode tornar-se irritante para os utilizadores. Por isso, não o façam a menos que tenham uma razão estratégica!
  • Garantam que a hashtag significa aquilo que vocês acham que significa e que aquelas palavras juntas não formam uma hashtag com um significado menos bom. Se não, podem acabar na mesma situação que a equipa de RP da Susan Boyle, com a sua tão popular hashtag, #susanalbumparty… não, obrigada!
  • Dito isto, há duas coisas que nunca devem esquecer. Primeiro, usar hashtags não é uma boa escolha em todas as redes sociais. E segundo, as hashtags não funcionam da mesma maneira em todas as redes. Mas isso é tema para mais um artigo, que sairá em breve. Fiquem atentos!